Francisco Beltrão
Foto Polícia Militar

Marcando o início da formação de 35 novos policiais militares, o 21º Batalhão de Polícia Militar realizou na manhã de quinta-feira (04), uma aula inaugural ministrada pelo Dr. Arthur Jonas Mendonça e Araújo, promotor de justiça da Comarca de Marmeleiro e que teve como tema: a atuação policial militar no Sudoeste do Paraná.

A Aula Magna que reuniu aproximadamente 150 pessoas na sede da AMSOP (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná), marca o início do CFPPM/2022 (Curso de Formação de Praças Policiais Militares), que substituiu o antigo CFSd (Curso de Formação de Soldados), o CFC (Curso de Formação de Cabos) e o CFS (Curso de Formação de Sargentos) e prepara os militares estaduais para desempenharem suas atividades e terem fluxo na carreira das Praças da PMPR para as graduações de Soldado de 1ª Classe, Cabo e 3º Sargento.

Durante pronunciamento de introdução, o 2º Tenente Vinicius Evangelista Scarsi, coordenador da turma que realizará o CFPP/2022 na Sede do 21º BPM, explicou que, “o processo de formação dos novos soldados conta com mais de 1600 horas aulas, divididas em 46 disciplinas presenciais e outras duas realizadas de forma remota, na plataforma do Ministério da Justiça”, conforme o Oficial os alunos ainda passarão por atividades práticas operacionais, de sistemas informatizados, educação física militar, marchas, campos e estágios e, “ao final de mais de 10 meses de formação, em 16 de junho de 2023, os alunos estarão aptos a desenvolverem missões policiais militares e reforçar a segurança em todo Sudoeste do Paraná”, explicou.

Durante sua palestra,  Dr. Arthur Jonas Mendonça e Araújo pontuou a importância da atuação integrada entre Ministério Público e Polícia Militar, ressaltando resultados expressivos no combate de ilícitos penais no Sudoeste do Paraná e em especial na Comarca de Marmeleiro, onde atua como membro do Ministério Público, “a Polícia Militar é garantidora da efetividade da justiça, seja para o cumprimento de mandados, subsidiar provas ou conduzir pessoas, e isso está previsto na própria Constituição Federal, bem como na Lei Orgânica do Ministério Público”, comentou.

Foram convidados para composição da mesa de honra, o Major Rogério Gomes Pitz, Comandante do 21º BPM; Cleber Fontana, prefeito de Francisco Beltrão; Quintino Girardi, presidente da Câmara de Francisco Beltrão; o Capitão Carlos Eduardo Klein, representando o Comando do 10º Grupamento de Bombeiros; Dr. Antonio Evangelista de Souza Netto, juiz de direito da Comarca de Francisco Beltrão;  Dr. Arthur Jonas Mendonça e Araújo, promotor de justiça da Comarca de Marmeleiro e palestrante; Dr. Ricardo Moraes de Faria, delegado chefe da 19º Subdivisão Policial de Francisco Beltrão (19ª SDP); Patrick Alysson de Souza e Silva, chefe da Polícia Científica; e Maria de Lourdes Bertani, chefe do Núcleo Regional de Educação de Francisco Beltrão.

Também prestigiaram o evento o Comando do 16º Esqd. C. Mec., oficiais e praças do 21º BPM, 10º GB, prefeitos, vereadores e secretários de toda região, diretores e coordenadores de universidades públicas e privadas, membros de entidades representativas, Colégios Cívico Militares entre outras personalidades municipais e regionais.

(Assessoria de Comunicação 21º BPM)