Real Móveis

Ocorreu nos dias 02 e 03 de Novembro, nas dependências do 21º Batalhão de Polícia Militar de Francisco Beltrão, o Curso de Operador em Espingarda calibre 12 promovido pela Escola de Formação e Aperfeiçoamento Penitenciário – ESPEN que tem a tarefa de promover o desenvolvimento e o aperfeiçoamento profissional dos servidores do Sistema Penal do Estado do Paraná com aulas ministradas por integrantes do Grupo SOE que pertencem a Divisão de Operações de Segurança do DEPEN-PR.

GRUPO SOE – Já atuante em várias regiões do Estado é formado por agentes penitenciários que integram o quadro efetivo do Depen e que passam por processo seletivo para participar do grupo especial.

Eles recebem treinamento em técnicas de intervenção em ambiente prisional, imobilização, gerenciamento de crise, direitos humanos, manutenção e manejo de armamento e tiro, tendo agora a oportunidade de replicar esses ensinamentos e práticas para os colegas de profissão, numa oportunidade de qualificar o servidor penitenciário para várias situações que podem ocorrer dentro do ambiente prisional.

O curso de operador em espingarda calibre 12, busca proporcionar treinamento funcional aos seus servidores e cooperar com outras instituições da área de segurança pública o Departamento Penitenciário - DEPEN, por meio da Escola de Formação e Aperfeiçoamento Penitenciário - ESPEN, e da Divisão de Operações de Segurança - DOS, com perspectiva de treinar Agentes Penitenciários das unidades penais da cidade de Francisco Beltrão, bem como Agentes que trabalham nas cadeias públicas de Francisco Beltrão e Pato Branco a operar de forma segura e satisfatória o armamento espingarda calibre 12 e suas munições não letais que serão empregadas para salvaguardar a segurança dos servidores, dos detentos e do patrimônio publico no interior das unidades prisionais do Estado do Paraná, em caso de necessidade.

Cabe ainda destacar a importância do auxílio da Polícia Militar do Paraná, que cedeu auditório e estande de tiro para as aulas práticas e teóricas, sendo que 20 Agentes Penitenciários sendo: 6 inspetores, 6 Auxiliares da Divisão de Segurança e Disciplina, 4 Agentes femininas, 2 Agentes lotados em cadeias públicas e mais 2 do setor de escolta participaram do curso, obtendo excelente aproveitamento.

 

 



Luiz Carlos Maciel Assessoria
03/11/2017