Real Móveis

O Poder Legislativo de Francisco Beltrão prestou uma homenagem para a Polícia Científica, que é composta pelo Instituto Médico Legal e Instituto de Criminalística pelos relevantes serviços prestados à população beltronense e do Sudoeste do Paraná na elucidação de crimes. A solenidade aconteceu após a sessão ordinária desta terça-feira, 31, com a presença de autoridades, imprensa e convidados. O secretário de finanças de Francisco Beltrão, Elois Rodrigues representou o prefeito Cleber Fontana (PSDB) no evento.

O vereador Aires Tomazoni (PMDB) foi o proponente da homenagem. "São profissionais preparados para identificar o que pessoas comuns não conseguem visualizar. Enxergam o que um leigo não vê, coletam essas porções invisíveis e investigam, analisando cada detalhe sob a ótica da ciência, não é tarefa fácil e, é com essa compreensão, que  respeitosamente cumprimentamos e admiramos, para quem não há dia, noite, sol ou chuva, quando o assunto é investigar os micros vestígios sempre em busca da justiça pela ciência", destacou Aires.

A vereadora e presidente do legislativo, Elenir Maciel (PP) reconheceu a importância da Polícia Científica e considera necessário a entrega das placas às duas instituições que executam seus trabalhos na cidade com extrema competência e destreza.

O diretor geral da Polícia Científica, Emerson Bertassoni Alves esteve na cerimônia na Câmara de Vereadores e acompanhou a homenagem feita às instituições. Ele também parabenizou os dois chefes das unidades de Francisco Beltrão pelo trabalho que desempenham na cidade e região.

Nas falas, o médico Irno Azzolini, chefe do Instituto Médico Legal e Patrick Souza, chefe do Instituto de Criminalística foram sucintos, mas disseram sentir-se lisonjeados pela homenagem proferida pela Câmara de Vereadores. As duas instituições receberam uma placa de Moção de Aplauso pelos serviços prestados e pelos resultados obtidos.

 

 



Assessoria
01/11/2017



Foto: Divulgação/Assessoria