A Polícia Rodoviária Federal prendeu um homem de 37 anos em Pato Branco na noite desta terça-feira (05), acusado de se passar por policial federal.

Por volta das 21h25, a equipe da PRF efetuava ronda nas proximidades do Terminal Rodoviário, que fica nas imediações da BR-158. Após denúncias de que haveria pessoa se passando por policial na região, a equipe abordou um homem que vestia camiseta da Polícia Federal por baixo de uma jaqueta.

Durante a abordagem ao suspeito constatou-se que ele carregava uma carteira tipo "porta funcional" na cor vermelha,  onde aparecia o dístico "Ministério da Justiça" e o Brasão da Polícia Rodoviária Federal (PRF), com uma suposta identidade funcional do Setor de Comunicações da Polícia Federal.

Após verificação da identidade civil do cidadão, a equipe verificou que contra ele havia mandados de prisão expedidos pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Ao ser questionado sobre a identidade policial, o detido se identificou como estagiário da Polícia Federal. Na ocasião, este carregava uma mochila que continha, dentre diversos objetos pessoais, uma camisa da Polícia Federal, uma pistola de Air Soft (Taurus PT 99 Preta) com diversas esferas de polímero e 3 cilindros de gás CO2, além de uma caixa de lâminas de bisturis.

O preso informou que comprou o simulacro de arma de fogo no Paraguai e entregaria a um comprador em Curitiba junto com as esferas de polímero e 3 cilindros de gás CO2.

O detido e o material apreendido foram encaminhados a Polícia Civil de Pato Branco, em decorrência do mandado de prisão, somado aos delitos de usurpação de função pública, uso de documento falso, falsa identidade e contrabando.

 



Solange Maciel PRF
06/09/2017



Foto: Divulgação/PRF