Policiais federais de Foz do Iguaçu, Polícia Militar, BPFron e fiscais do ICMBIO deflagraram a “Operação Guariba” na manhã desta terça-feira (25), na fronteira com a Argentina.

A ação integrada teve como objetivo cumprir oito mandados de busca e apreensão em imóveis suspeitos de serem utilizados para armazenar material de caça e armas de fogo ilegal nos municípios de Capanema, Planalto e Pérola D'Oeste.

A operação resultou na prisão de quatro pessoas em flagrante e na apreensão de três armas, munições, carne de animais silvestres e aproximadamente 1.100 metros de redes de pesca.

Essa é a terceira fase da operação destinada a combater a prática de crimes ambientais e retirar armas e munições ilegais na fronteira do sudoeste do Paraná nos últimos 60 dias.

 



Solange Maciel
25/07/2017



Foto: Divulgação/BPFron