Depois de seis anos, o torcedor beltronense pôde novamente assistir um jogo a noite no estádio Anilado. Na inauguração da nova iluminação, muitos torcedores voltaram ao barranco para conferir a novidade e para ver um grande jogo entre União e Operário pela Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense. Os fogos de artifício no início davam o tom do que seria uma verdadeira festa ao final dos 90 minutos com uma atuação de gala da equipe anilada. 

Diante do invicto no paranaense e na Série D do Brasileiro, o União foi pra cima e cumpriu o dever de mandante, chegando logo no início com Juvenal que finalizou com muito perigo. Aos 13 minutos, Julio cobrou lateral na área, Juvenal desviou de cabeça, e Tiago Maringá ajeitou para trás onde estava Willian que chutou para o gol vazio e abriu o placar. 

O Operário reagiu logo em seguida e mostrou sua força. Jean Carlo recebeu livre pelo lado direito e no cruzamento Vandinho desviou de cabeça para empatar o jogo. Ainda na primeira etapa, Thiaguinho quase marcou o segundo em cobrança de falta que passou muito perto. No segundo tempo a equipe de Ponta Grossa corrigiu os erros de marcação e dificultou a vida do União, mas o jogo permaneceu muito equilibrado.

Quando o clima de tensão tomava conta do estádio já que só a vitória interessava ao União, Eskerda cobrou falta aos 31 minutos e com incrível precisão marcou um belo gol para fazer União 2 a 1. Lucas Batatinha que já tinha cartão amarelo fez falta dura em Casimiro e acabou expulso. Todos estavam de pé ao final do sexto minuto de acréscimo quando o árbitro encerrou a partida decretando uma vitória histórica da equipe beltronense. 

O União agora soma 4 pontos em dois jogos e divide a liderança do grupo A com o Iraty, enquanto o Operário caiu para a terceira posição. No próximo domingo a tarde, novamente no Anilado o duelo é contra a Portuguesa Londrinense no fechamento do primeiro turno. 

 



Lucas Maciel
15/06/2017



Foto: TV União