O caso envolvendo Grêmio Maringá e Portuguesa Londrinense deve enfim ter uma decisão final para que a competição seja retomada. Inicialmente havia uma previsão de que o caso levasse até um mês para ser julgado, mas devido à paralisação do campeonato e o prejuízo causado as equipes, a pauta foi colocada entre as prioridades do tribunal desportivo. 

Ao término da primeira fase quando foi rebaixado para à terceira divisão, o Grêmio Maringá ingressou na justiça desportiva do Paraná alegando que a Portuguesa Londrinense escalou um jogador de forma irregular, e com isso conseguiu uma medida cautelar impedindo que os jogos fossem realizados até decisão em última instância. Mesmo perdendo duas vezes no tribunal paranaense, a equipe investiu no STJD e agora uma decisão final sobre o caso deverá ser proferida para então o campeonato ser retomado.

Enquanto no grupo B, Paranavaí e Maringá disputam na última rodada uma vaga na final que também dá direito a uma vaga na primeira divisão de 2018 - no grupo A nenhuma partida foi realizada. Caso seja mantida a tabela, o União vai enfrentar Iraty, Operário e Portuguesa Londrinense em turno e returno por uma vaga na primeira divisão do próximo ano. 

 



Lucas Maciel
23/05/2017



Foto: Reprodução internet