Real Móveis

No sábado, Dia D Vacinação contra a Gripe, 276 pessoas foram vacinadas nas quatro Unidades Básicas de Saúde do Município: Santa Rita, Centro, Bom Jesus e Alto São Mateus. As equipes de saúde também prestaram atendimento domiciliar a idosos, pacientes acamados e com deficiência neurológica.  Mesmo com todo o empenho o município cumpriu 79,41% da meta  de vacinação.  Desde o inicio da Campanha, em 17 de abril, 2.302 pessoas, que fazem parte dos grupos prioritários, já receberam a dose. Ao todo devem ser vacinadas 2.899 pessoas em Marmeleiro.

Fazem parte dos grupos prioritários desta 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza: gestantes: todas as gestantes em qualquer idade gestacional; Puérperas: todas as mulheres no período até 45 dias após o parto; Trabalhador de Saúde; pessoas com 60 anos ou mais de idade; Professores Ativos; Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais sendo necessário apresentação do pedido médico.

Do grupo dos idosos, já foram vacinados 84,21% da população. Das gestantes 71,76%. Dos trabalhadores da saúde 90% e o das Puérperas, a meta foi cumprida em 100%.  Um dos grupos prioritários que ainda esta com um percentual baixo é o das crianças de 2 a 5 anos, totalizando apenas 59,51% ou seja , das 530 crianças apenas 316 foram vacinadas.   

A Diretora de Saúde Simone Antes, reforça que é muito importante que as pessoas não deixem de procurar a vacina. "Nós fizemos divulgação na imprensa, no rádio, som na rua e visitas das agentes de saúde porque entendemos que é importante que todas as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários sejam imunizadas contra a gripe. No ano passado, Marmeleiro registrou quatro casos de gripe H1N1 e destes, três foram a óbito. Nós nos preocupamos em afastar essa doença da nossa população e por isso insistimos para que as pessoas que ainda não tomaram a dose da vacina procurem uma Unidade Básica de Saúde disponível até o dia 26 de maio, quando termina a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza.", alerta Simone.

De acordo com a chefe da Divisão de Atenção e Gestação em Saúde da 8ª Regional de Saúde, Joceli Vagliati, que esteve em Marmeleiro durante o Dia D, este ano a Secretaria Estadual de Saúde disponibilizou 200 mil doses a mais que em 2016 para atender aos professores, nos 27 municípios ligados a 8ª Regional de Saúde. "O Dia D é sempre uma oportunidade para a população estar mais consciente e ter a possibilidade de ir até as Unidades Básicas de Saúde porque todas estão abertas. A nossa preocupação, do Estado e da 8ª Regional, é que nós precisamos atingir a nossa meta que é de cobertura de 90% de vacinação. Nós percebemos que Marmeleiro está apresentando a cada dia uma cobertura maior e isso é muito bom", avaliou Joceli.

A professora Solange Rikell, aproveitou o sábado para garantir a dose contra a gripe e ficou satisfeita por ter a vacina disponível na UBS."A vacina da gripe vem contribuir muito, a pessoa acaba tomando e fica imune por um bom tempo, inclusive diminuindo muito atestados médicos e atendimento no plano de saúde, e sofrimento claro".

Mariza de Lurdes Pereira, mãe do Pedro de 4 anos, aproveitou o Dia D para garantir a imunidade do filho contra a gripe. "Acho muito importante termos a opção do sábado porque durante a semana a gente não tem tempo para ir durante o dia no posto e no sábado é um dia disponível e se der alguma complicação na criança  nos temos tempo para cuidar", comenta a mãe aliviada.



Assessoria
17/05/2017



Foto: Divulgação