Real Móveis

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) está colocando em funcionamento três equipamentos com controladores eletrônicos de velocidade no trecho de sete quilômetros da PR- 483, na saída de Francisco Beltrão para Ampére, local conhecido como Bica d'água. O objetivo é a prevenção, proporcionando mais segurança no local, devido aos altos índices de acidentes com vítimas, inclusive fatais.

Dados oficiais da Polícia Rodoviária Estadual mostram que nos últimos sete anos aconteceram 282 acidentes de trânsito neste trecho, com 30 mortes e 286 feridos. Os radares foram instalados próximo do Posto Panorâmico, sentindo Ampére a Beltrão, com velocidade máxima de 80 km/h, próximo da Bica d'água, sentido Beltrão a Ampére, também 80 km/h, e perto da trincheira, sentido Ampére a Beltrão, onde a velocidade máxima é de 60 km/h.

O engenheiro Roberto Machado dos Santos, gerente regional do DER, lembra que a reivindicação é antiga e os números justificam a medida. O principal problema, segundo ele, são as colisões frontais, registradas em locais onde as ultrapassagens são proibidas. "Os caminhões descem em baixa velocidade e os condutores de veículos, de forma imprudente, realizam as ultrapassagens em locais proibidos, muitas vezes originando acidentes", explica o gerente do DER. Ele também informou que foram adotadas outras medidas de segurança, caso de melhorias na sinalização e colocação de tachões no centro da pista, em locais onde as ultrapassagens são proibidas. 

 



Solange Maciel Assessoria
09/05/2017



Foto: Divulgação