Publicado em 22/12/2016 – Solange Maciel | AEN

O fluxo de veículo nas estradas paranaenses deve ficar mais intenso nos próximos dias. O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) preparou nesta quinta-feira (22) algumas orientações para que os condutores e passageiros tenham uma viagem mais tranquila e segura. 

“Nesta época do ano, o registro de acidentes tende aumentar devido à negligência dos condutores. Por isso, é importante lembrar e reforçar os cuidados básicos como a revisão do veículo, atenção redobrada e respeito aos outros que fazem parte do trânsito”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

REVISÃO DO VEÍCULO - Qualquer viagem exige planejamento. Estar com a revisão do veículo em dia é um dos primeiros passos. Alguns itens importantes para conferir são: combustíveis e lubrificantes, filtros de ar, óleo e combustível, paletas, freios, velas e cabos, suspensão, correia dentada, radiador, sistema elétrico, faróis e lâmpadas e pneus.

LEVAR NO CARRO - As rodovias costumam exigir um pouco mais dos carros, motos e caminhões e estar preparado para algum imprevisto é dever do condutor. Alguns acessórios podem salvar a viagem, por isso, é importante que eles estejam no veículo. São eles: informações do seguro, alimentos e água, kit de primeiros socorros, GPS e mapa, cabos de condução elétrica, fixador de pneu, lanterna, carregador de telefone celular e calibrador de pneus.

NA ESTRADA – Durante o trajeto pode surgir situações adversas como neblina, chuva, animais e objetos na pista, e que acabam exigindo, ainda mais, a concentração do condutor. É importante que os passageiros colaborem e evitem conversas paralelas com quem está dirigindo. 

O condutor deve se manter atento às indicações das placas pois elas trazem as orientações necessárias sobre os cuidados específicos em cada trecho, reduzindo, assim, de forma significativa as chances de acidentes.

DE VOLTA PRA CASA – Alguns condutores esquecem que a volta da viagem é tão importante quanto a ida. A disposição do motorista influencia diretamente na direção. Segundo dados da Associação Brasileira do Sono (ABS) revela que 30% das mortes ocasionadas em rodovias brasileiras são causadas por motoristas que dormem ao volante. Os especialistas recomendam que as pessoas tenham entre 7 a 9 horas de sono por noite. 

Além do sono, a alimentação pode ajudar numa viagem mais leve e tranquila. Os alimentos necessitam de tempo para serem digeridos. Comer imediatamente antes de pegar a estrada pode ser perigoso, pois corpo irá fazer a digestão durante o percurso. A recomendação é que o condutor evite gorduras e opte por alimentos leves, como por exemplo, legumes e carnes magras.

 



22/12/2016