Real Móveis

Publicado em 01/12/2015

Dezembro chegou, com ele muitos compromissos. Natal, viagens, presentes, aniversários, formaturas são exemplos de programas neste final de ano. É no último mês do ano também que as campanhas de publicidade apelam para o emocional, propagandas das mais diversas envolvendo crianças, idosos e promoções imperdíveis são comuns nessa época.

Mas você não deve esquecer que janeiro também está chegando e com ele IPVA, IPTU, matrículas e parcelas escolares, seguro entre outros.

Nessa época grande parte da população recebe um dinheiro a mais, oriundo de décimo terceiro e férias. Nenhum problema em ter um consumo extra, no entanto o mesmo deve ser consciente, além do que você deve guardar uma reserva para as despesas de janeiro.

Coloque no papel as despesas com impostos no início do ano. Faça um balanço e reserve ao menos 50% do valor que receber a mais para quitá-las. Dessa forma, conseguirá desfrutar de algumas compras nesse fim de ano e aproveitar desconto de pagar à vista ao menos uma das despesas que estão por vir. Parcele aquelas que oferecerem menor desconto a vista. 

Devemos nos lembrar que 2015 está em crise, recessão, e não é o ato de virar da folha de calendário que as coisas vão mudar. Para a situação melhorar levaremos algum tempo ainda.

Procure boas opções de compra para presentear, use a criatividade. Por fim, amigos leitores, valorize a presença do encontro. Estar presente, um abraço, a lembrança, sempre vale mais do que qualquer presente. 

Escrito por Professor Robson Faria - Mestre em Administração PUCPR/Especialista em Finanças UNIPAR



01/12/2015