Publicado em 19/09/2015

Todos os anos de 18 a 25 de setembro tem estabelecido pela Lei 9503/97, o nosso Código de Trânsito Brasileiro, a semana nacional de trânsito, este ano de 2015 com o tema “SEJA VOCÊ A MUDANÇA NO TRÂNSITO”. 

Quando são apresentados números e estatísticas de acidentes e vítimas no trânsito alguns ficam estarrecidos outros comentam que isso é assim mesmo, porém todos acham que acidentes só acontecem com os outros.

O CTB traz em seu texto que: o trânsito, em condições seguras, é um direito de todos e dever dos órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito, a estes cabendo, no âmbito das respectivas competências, adotar as medidas destinadas a assegurar esse direito. As medidas necessárias e adotadas quase nunca são simpáticas àqueles que são fiscalizados por não estarem cumprindo o que a legislação prevê. As medidas simpáticas são as obras que modificam, oferecem segurança e embelezam a cidade.

Ainda o CTB: os órgãos e entidades de trânsito pertencentes ao Sistema Nacional de Trânsito darão prioridade em suas ações à defesa da vida, nela incluída a preservação da saúde e do meio-ambiente. Quem tem acesso às redes sociais e acompanha grupos de caminhoneiros, sabe que a grande maioria conduz os veículos de maneira responsável equilibrada e serena, porém poderá constatar a apologia por parte de alguns membros ao álcool e direção, outros usando o tamanho do veículo que conduzem para ameaçar os menores e abrir caminho, o que muitas vezes resulta em tragédia.

Dados da seguradora Líder-DPVAT, apresentam que no ano passado (2014), as indenizações pagas pelo seguro obrigatório (DPVAT) aumentaram em 20% em relação aos pagamentos no ano de 2013.

As três principais causas de acidentes em nosso país são a falta de atenção, excesso de velocidade e a mistura de álcool e direção, todos esses elementos são condutas imprudentes e podem ser simplesmente evitadas, desde que as pessoas se portem no trânsito de forma educada e consciente de que atitudes individuais podem propiciar consequências muito graves para si próprio e os demais sejam pedestres, ciclistas, passageiros e condutores.

“SEJA VOCÊ A MUDANÇA NO TRÂNSITO”, remete ao comportamento do condutor seja qual for o veículo em todas as vias, ao comportamento do pedestre que deve observar as regras de comportamento nas vias, pois a sociedade nos impõe um ritmo no qual estamos preocupados em ganhar dinheiro para muitas vezes comprar coisas supérfluas que esquecemos que o bem maior é a vida, que é responsabilidade nossa, um comportamento seguro com nossa vida e a proteção de todas as demais formas de vida.

Dirigir ou pilotar com atenção e responsabilidade é uma obrigação de qualquer condutor que respeita a própria vida… e a vida dos que fazem uso da via.

Lembre-se: é responsabilidade nossa, um comportamento seguro com nossa vida e a proteção de todas as demais formas de vida.

Fique por dentro das regras de trânsito! Informar e Educar para um trânsito mais humano, seguro e sem acidentes, é o nosso objetivo. Faça sua parte, vamos contribuir para um trânsito acalmado e responsável.

Escrito por Rudimar Antonio Czerniaski – Advogado e Diretor de Trânsito em Francisco Beltrão/PR. e Jean Carlos Czerniaski – Acadêmico de Direito da Unipar.

 



19/09/2015



Imagem retirada da Internet