Publicado em 08/08/2015 – Solange Maciel

Você está parado no semáforo em uma via de mão dupla e o carro da frente espera abrir o sinal para acionar seta, avisando que irá virar à esquerda. Se tivesse sinalizado com antecedência, o veículo de trás poderia ter se posicionado a direita e seguido em frente dando fluidez ao trânsito com segurança, visto que o CTB permite tal manobra, evitando ficar parado atrás com o sinal aberto.

Você está parado no semáforo, em uma via de sentido único e o carro a sua direita, resolve acionar a seta e fazer a conversão à esquerda. Se tivesse sinalizado com antecedência e posicionado o veículo na pista da esquerda, adentraria a via da esquerda com segurança e sem provocar uma fechada em quem está corretamente posicionado para adentrar a mesma via.

Por isso é que o artigo 35 do CTB prevê que toda a manobra deve ser sinalizada com antecedência, para que os outros condutores percebam sua intenção. Isso faz com que se evitem acidentes e o trânsito possa ter fluidez.

Art. 35. Antes de iniciar qualquer manobra que implique um deslocamento lateral, o condutor deverá indicar seu propósito de forma clara e com a devida antecedência, por meio da luz indicadora de direção de seu veículo, ou fazendo gesto convencional de braço.

Dirigir com atenção e responsabilidade é uma obrigação de qualquer condutor que respeita a própria vida… e a vida dos que fazem uso da via. Pois para o condutor que não seguir a conduta prevista no artigo acima citado o CTB, em seu artigo 196, impõe multa grave, que tem valor de R$ 127,69, e cinco pontos na CNH.

Art. 196. Deixar de indicar com antecedência, mediante gesto regulamentar de braço ou luz indicadora de direção do veículo, o início da marcha, a realização da manobra de parar o veículo, a mudança de direção ou de faixa de circulação: Infração - grave; Penalidade - multa.

Lembre-se: acione a seta com antecedência a cada manobra, não o fazendo o condutor estará sujeito a multa grave!

Fique por dentro das regras de trânsito! Informar e Educar para um trânsito mais humano, seguro e sem acidentes, é o nosso objetivo. Faça sua parte, vamos contribuir para um trânsito acalmado e responsável.

Escrito por Rudimar Antonio Czerniaski – Advogado e Diretor de Trânsito em Francisco Beltrão/PR. e Jean Carlos Czerniaski – Acadêmico de Direito da Unipar.

 





Imagens da Internet