Publicado em 13/06/2015

Nos bares ou rodas de conversas os condutores discorrem sobre trânsito e futebol, com um copo de bebida alcoólica em mãos, em seguida embarcam em seus veículos e seguem muitas vezes falando ao celular, se forem fiscalizados a culpa é dos agentes de trânsito.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), falar ao celular, mesmo no modo viva voz, ou trocar mensagens dirigindo aumenta em 400% a probabilidade de um acidente.

O condutor fica impaciente se não atender as ligações ou ler as mensagens que vão chegando no celular. O pedestre fica distraído também com as mensagens ou o fone de ouvido. São tantas besteiras que pedestres e condutores fazem no trânsito e não se tocam disto, não dão valor às informações que recebem sobre segurança no trânsito. Também não dão valor para dados estatísticos sobre acidentes, quantidade de mortos, feridos, etc. Passa como uma notícia “normal”, as pessoas pensam que aquilo é uma coisa que ‘vai acontecer a qualquer hora, com qualquer um, e não há como evitar.

O Ministério das Cidades e o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) lançaram em 2012 um aplicativo para celulares com sistema operacional Android, chamado Mãos no Volante, para que o condutor não atenda ligações ou verifique mensagens enquanto está dirigindo. Antes de começar a dirigir, o condutor ativa o aplicativo, que impede que o aparelho toque ou receba notificações. Ao chegar ao seu destino, o condutor desativa o aplicativo e pode conferir as ligações e mensagens que recebeu enquanto estava ao volante. Para instalar no smartphone, basta ir na loja de aplicativos do seu celular e buscar por “Mãos no Volante”.

Conduzir veículo falando ao celular caracteriza infração de trânsito e gera 4 pontos na CNH, conforme  Artigo 252, VI do CTB:   Art. 252. Dirigir o veículo: VI - utilizando-se de fones nos ouvidos conectados a aparelhagem sonora ou de telefone celular;  Infração - média;  Penalidade - multa.

Lembre-se: falar ao celular enquanto dirige é proibido pelo CTB!

Fique por dentro das regras de trânsito! Informar e Educar para um trânsito mais humano, seguro e sem acidentes, é o nosso objetivo. Siga seguro, não atenda o celular enquanto dirige, se for urgente estacione!

Escrito por Rudimar Antonio Czerniaski – Advogado e Diretor de Trânsito em Francisco Beltrão/PR. e Jean Carlos Czerniaski – Acadêmico de Direito da Unipar.

 



13/06/2015



Imagem da internet